Promova plantas de abobrinha sadias e vigorosas.

Atualizado: Jul 26

O cultivo da Abobrinha-italiana, assim como muitas culturas, tem suas particularidades que devem ser observadas para que seja possível obter plantas sadias e vigorosas. Um dos segredos para o êxito é potencializar a nutrição da lavoura. Leia o post e veja excelentes dicas de manejo nutricional.


As plantas de abobrinha são propagadas por sementes. Para cultivar 1 hectare da cultura, são necessários de 4 a 5 kg de sementes. Mas, para obter sucesso com a lavoura de abobrinha, deve-se atentar à época e local de plantio, já que a planta não suporta geadas e baixas temperaturas.

A adubação e a calagem devem ser feitas a partir do diagnóstico da análise do solo, para aumentar o índice de saturação por bases para 70%. O pH ideal para a abobrinha oscila entre 6 e 6,5.



Recomendação de adubação


Duas semanas antes da semeadura, misture na cova ou sulco de plantio de 150 a 200 gramas de REAL BIO

02-16-06+14%Ca+8%S. Pós germinação Turbo 44-00-00 na dose de 10g por planta. Cobertura semanalmente

com Turbo 20-05-20 na dose de 20g a 30g por planta, até o fim do ciclo produtivo da lavoura.


Recomendação foliar


A complementação nutricional foliar é feita semanalmente. O início das pulverizações ocorre cerca de 25 a 30 dias após o plantio e são realizadas até o fim do ciclo, sempre intercalando.


A cada semana uma nutrição: uma semana nutrição A e na outra nutrição B.




TODAS AS DEMAIS PRÁTICAS AGRONÔMICAS RECOMENDADAS PARA OS CULTIVOS DEVEM SER OBSERVADAS, PARA SE BUSCAR O POTENCIAL PRODUTIVO DAS CULTURAS. CONSULTE SEMPRE UM ENGENHEIRO AGRÔNOMO.

68 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo