top of page

Processos do Barter de forma estratégica gerando segurança

Assunto necessário e já foi um dos temas de nossos artigos. Vamos continuar o processo de aprendizado sobre Barter?

No cenário dinâmico do agronegócio, adotar estratégias inovadoras torna-se crucial para impulsionar o crescimento e garantir a sustentabilidade. Nesse contexto, o Barter destaca-se como uma ferramenta poderosa, introduzindo uma abordagem única baseada na troca de produtos agrícolas como forma de negociação.

 

Vamos entender um pouco mais sobre esta operação, desde a análise criteriosa de crédito até a importância vital dos contratos documentais. Compreenderemos como o Barter não apenas transforma a dinâmica de negociação, mas também exige uma abordagem estratégica para garantir segurança e tranquilidade em cada etapa do processo.


 

Barter não é uma simples troca de mercadorias!

 

A experiência ao realizar o Barter é parte fundamental para que a operação ocorra de forma tranquila e segura, tanto para quem realiza quanto para quem adere a essa modalidade. Para que essa experiência seja positiva, existem aspectos que fazem do Barter não apenas uma simples troca de mercadorias; trata-se de uma modalidade de negociação que demanda atenção cuidadosa.

Antes mesmo da negociação surgir, uma análise criteriosa quanto ao crédito deve ser realizada, tanto para o distribuidor de insumos quanto para o produtor, que precisa ter uma gestão de riscos bem elaborada para não se comprometer acima do seu limite. Além do crédito, fatores logísticos podem interferir diretamente no êxito da experiência dos usuários do Barter. A logística precisa ser bem trabalhada, pois o produtor precisa receber os produtos negociados em tempo para aplicação em sua lavoura. Caso haja atraso no recebimento de produtos, o produtor será impactado diretamente, prejudicando seu cronograma de plantio e preparo, consequentemente gerando insatisfação e possíveis prejuízos com a lavoura.

 

Contratos são essenciais!

 

O Barter, diferentemente de uma operação financeira, exige uma segurança documental adicional. Isso se deve ao fato de que o que está em negociação é a produção futura do produtor, ou seja, está-se negociando um determinado volume de sacas que serão colhidas somente na próxima safra. Diante disso, há a necessidade de todo o amparo documental registrado em órgãos competentes, garantindo a segurança da operação para todos os envolvidos e especificando claramente as responsabilidades e condições das partes envolvidas.

 

Ainda quanto à documentação, alguns dos documentos necessários incluem:

 

·         Cadastro Ambiental Rural (CAR): “registro público eletrônico nacional obrigatório para todos os imóveis rurais, com a finalidade de integrar as informações ambientais das propriedades e posses rurais.” ¹

·         Matrícula do imóvel da área produtiva que está sendo considerada para a formação da lavoura. Nos casos em que a área utilizada seja arrendada, faz-se necessário o contrato de arrendamento.

·         Cédula de Produto Rural (CPR): título de crédito que representa a promessa de entrega de produtos rurais (como grãos de café, soja, entre outros) por parte do produtor ao credor, em troca de um financiamento (recebimento de insumos para sua produção).

 

 

O Barter, por possuir suas particularidades, pode variar de empresa para empresa, não sendo uma regra geral a ser aplicada. Ou seja, cada empresa realiza a coleta da documentação e exige determinados registros de acordo com os riscos que ela julgue arriscar.

 

Barter não é exclusivo para grandes empresas!

 

O Barter é uma ferramenta que aumenta a capilaridade da negociação, atendendo desde o pequeno agricultor familiar com 03 hectares até o grande produtor acima de 500 hectares. Isso porque a discussão não se passa pelo valor em reais; o que está na mesa é a moeda que o produtor mais utiliza: os grãos!

Em resumo, as paridades são elaboradas a partir de determinado preço do produto em reais ou dólar, convertido para sacas com base no preço da commodity que está sendo negociada. A paridade será a mesma tanto para o pequeno, médio ou grandes produtores.

 

Produtor como protagonista da operação!

 

O protagonista incontestável na dinâmica do Barter é o produtor. Um dos pilares que garantem a efetivação da negociação é a fixação dos preços dos grãos no mercado futuro, geralmente intermediado por uma trading company. Essa decisão estratégica ocorre no momento em que o produtor, avalia que sua operação está em condições favoráveis.

É crucial compreender que a responsabilidade pela tomada de decisão não deve, em momento algum, ser transferida a terceiros. O Barter, como destacamos anteriormente, fundamenta-se na experiência tanto de quem oferta quanto de quem adere. Nesse contexto, o produtor, munido de suas análises e respaldado por todo o suporte necessário, é o único árbitro do momento oportuno para concretizar a negociação.

Influências externas pressionando o produtor a realizar uma operação sem que ele tenha plena consciência de que está fazendo um bom negócio podem resultar em atritos e descontentamento. Como exemplo, se o mercado sofrer oscilações de alta no preço da commodity, o produtor pode se sentir prejudicado, lamentando a perda de uma oportunidade valiosa pela influência externa.

Ao ser o arquiteto de sua própria decisão, o produtor compreende que, no dia em que efetivou a negociação e fixou os preços, estava, de fato, diante de uma oportunidade vantajosa. A autonomia do produtor no processo de Barter é a chave para assegurar que cada passo seja uma escolha consciente, resultando em transações sólidas e bem-sucedidas.

 

Entendimento profundo é necessário!

 

O Barter não é complicado a ponto de ser uma ferramenta exclusiva de algumas empresas e adotado apenas por alguns produtores! Assim como qualquer modalidade de negociação, o Barter necessita de uma compreensão profunda por todas as partes envolvidas, para que o entendimento detalhado simplifique as transações, trazendo segurança e tranquilidade em todos os elos do processo.

Com isso, é crucial buscar esse entendimento junto a empresas que promovam essa ferramenta, compreendendo todos os benefícios e riscos inerentes na negociação. Aprimorando assim a sua gestão de riscos, você estará apto a antecipar-se e aproveitar as oportunidades do mercado de forma segura e estruturada.

 

A Adubos Real destaca-se como parceira nesse processo, realizando Barter e oferecendo consultores capacitados para atender nossos clientes. Conte conosco para impulsionar sua produção com segurança e inovação.

 

Abaixo, link do governo com maiores informações sobre:

 

 

Quer falar conosco sobre o Barter? Acione nosso especialista Diego pelo telefone (35) 99876-7231

38 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page